Pages

segunda-feira, 22 de março de 2010

Andy Warhol: o profeta da cultura pop - para os alunos do 9ºA e B

Se há um hábito capaz de unir os diferentes estilos de vida do homem contemporâneo, é o consumo. Talvez essa não seja uma ideia revolucionária hoje. Mas nos anos 60, quando Andy Warhol apareceu no campo das artes reproduzindo em suas pinturas latas de sopa iguais às vendidas nos supermercados, era praticamente impensável elevar um mero produto comercial a símbolo de um valor universal: o poder de compra. Warhol foi o primeiro artista a detectar – e de certa forma orientar – a mudança de valores rumo à sociedade do consumo e do espetáculo. Esse caminho está bem claro na exposição Mr. America, com início marcado para o dia 20 na Estação Pinacoteca em São Paulo. De tanto fabricar, manipular, distorcer e transformar ícones, Warhol tornou-se ele próprio um ícone. Rompeu a fronteira da arte com a vida cotidiana e mudou ambas.
Cliquem aqui e vamos conhecer este artista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário